Sobre estourar.



Escondo o que posso em algum lugar que nem eu sei exatamente onde está, só sei que existe. De uns tempos pra cá desconfio que ele tenha o mesmo formato de uma bexiga, isso parece infantil, eu sei, mas é a única teoria que explicaria eu não estar mais conseguindo guardar tudo o que preciso e estar explodindo semanalmente ou diariamente.

Todos falam o que pensam e quando percebem que causou algum tipo de dor no ouvinte pedem desculpas, mas eu sempre fui o contrário disso, guardo cada pensamento que pode ferir ao outro, respiro fundo e evito possíveis discussões ou chateamentos. E é ruim perceber que essa minha mania deixa de afetar a outros para me afetar. Será que vale a pena não machucar a outros e me machucar em dobro? Levo o peso do que queria falar e do que me falam mas ninguém leva o meu peso. Talvez seja melhor estourar essa "bexiga" com um alfinete, talvez eu precise ser um alfinete, talvez eu precise ser egoísta ou talvez eu só precise comprar algum livro de autoajuda.

Se me conheço bem, vou acabar comprando um novo pacote de bexigas para repor cada vez que uma estourar.

2 comentários:

  1. Sei mais ou menos como é isso (não vou dizer que sei exatamente, porque somos diferentes), mas sempre guardei as coisas pra mim, assim como você. Não sei se por medo de magoar os outros, a mim, ou o quê, mas sempre foi muito natural pra mim guardar meus sentimentos e opiniões. Sempre foi mais cômodo não falar. Mas, depois de escutar muito que eu precisava me impor e de, agora, estar trabalhando isso com a psicóloga, estou melhorando. Não é fácil, mas acho que quando a gente guarda muito tudo, as coisas ficam mais difíceis, a gente se chateia mais, fica magoada e etc e nos acostumamos. Claro que não podemos sair por aí falando tudo que vem na cabeça, mas é imprescindível exercemos nosso direito de nos expor, tudo é o equilíbrio. Pelo menos, essa é a minha opinião.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. A minha bexiga, por assim dizer, estourou a pouco tempo. É complicado o caminho trilhado até a ponta do alfinete finalmente acertar essa bexiga, mas é libertador. E espero conseguir prosseguir sem encher novas bexigas.
    -Distante do Sol-

    ResponderExcluir

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3