O Escolhido | Editora Record.



Ficha Técnica.

Autor: Sam Bourne.
Páginas: 448
Editora: Record.






Embora o livro O Escolhido do jornalista inglês Sam Bourne (o mesmo de O Código dos Justos) ser classificado como romance de acordo com determinadas livrarias, posso garantir que o maior romance presente no mesmo é o amor da personagem principal Meggie Costello por seu trabalho.

O inicio, meio e fim de tudo está completamente centralizado na Casa Branca, quando um novo presidente é eleito, sendo o queridinho durante as eleições, assim como foi com o atual presidente americano, Barack Obama. Apesar da comparação, a ficção está longe de ser considerada uma vitória.

Stephen Baker promete a todos antes, durante e quem sabe depois de sua candidatura que será diferente de seus antepassados, começando pela sua promessa de acabar com as guerras nos países em situações críticas, considerados "inimigos" dos Estados Unidos da América desde os primórdios da Terra. Sendo essa sua promessa o principal motivo para Stephan conseguir conquistar não só seus eleitores como também Meggie, formada em Relações Internacionais e decidida a sempre ajudar ao próximo.

O ponto interessante surge pouco tempo após o mesmo tomar posse da presidência, quando para a alegria da mídia diversas histórias envolvendo o passado de Baker começam a surgir. Maggie que no momento de tais acontecimentos está em um lamentável fracasso pessoal - com direito a perder seu emprego na Casa Branca por se referir a um colega de trabalho de uma forma ruim em um e-mail e a perder o namorado por se dedicar demais ao emprego que não possui mais - sendo uma das pessoas de mais confiança do presidente, visto que o acompanhou durante toda a candidatura ajudando a fazer discursos e a conquistar seu público é convidada a ajudar a Casa Branca a descobrir quem é o responsável por todas as barbaridades que começam a sair nos jornais nacionais e internacionais, indo atrás de pistas, viajando para outros estados e até se disfarçando para chegar perto de pessoas que podem ter a resposta para as dores de cabeça do presidente.

O motivo para ler o mesmo vem justamente de todos esses mistérios. Conforme acontecem os assassinatos e todas as revelações sobre a vida do atual presidente sendo elas falsas ou não, o leitor se vê não só defendendo o mesmo como chega a questionar quem ele realmente é.

Dependendo da visão que cada um possui ao ler um livro, a história também consegue mostrar como o ódio que um ser humano possui pelo outro pode ser destruidor não só para quem o sente, mas também para a vítima.

Apesar de ter material e conteúdo maravilhosos, o livro não chega a ser excelente pelo seu fim onde se tem a sensação de que o autor preferiu não nos deixar saber de alguns detalhes, como se já fosse muita informação. Se não fosse esse pequeno detalhe, o livro teria uma classificação cinco "cactos" sem dúvida alguma.


Obs: há um mês atrás o mesmo passou de R$ 52,90 para R$ 10,90 nas livrarias Saraiva.

10 comentários:

  1. Eu não conhecia o livro, me parece até interessante ... por 10,90 ... tá de graça, vou comprar.

    ResponderExcluir
  2. Gosto de livros que instigam o leitor. Me sinto atraída por saber o que vem na próxima página. O preço está bastante atrativo rsrs
    Bela dica!
    Abraços Mika,
    Pensamentos Viajantes

    ResponderExcluir
  3. Gosto de histórias que envolvem política. Sair um pouco da fantasia e ler algo mais próximo da realidade. Não conhecia o livro, parece ser bem interessante, e realmente está muito barato. Existem dois seriados que envolvem política que gosto bastante, The West Wing e House of Cards. Sei que estou recomendando séries num post de livro, mas se curtiu essa temática, pode gostar de assisti-las também.

    -Distante do Sol-

    ResponderExcluir
  4. Ba! Sua interessante, não sou acostumado com livros envolvendo política, mas gosto muito da ideia de ter um protagonista duvidoso, sabe? Deixa mais inspirador e atrativo, filosófico também... E também sou chegado na ideia de que tudo vale a pena para ter o que quer, e parece ter disto nesta história.

    :D

    ResponderExcluir
  5. Cara, mt foda. me lembrou um pouco House of Cards, por todas as tretas políticas (já viu a serie? Eh mt mt mt mt legal) pareceu bom, com certeza entrou na minha lista. E qt ao final, que tipo de informações o autor "deixa" de escrever? Pq tipo, histórias meio "sem final" me deixam super puta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você já é a segunda pessoa que me fala da série, o que ta me convencendo a assistir.
      Então, eu achei que ele colocou um final feliz de mais pra um enredo tão elaborado. Em um momento a Casa Branca está um caos e no capítulo seguinte é o fim com tudo já resolvido (?)

      Excluir
  6. Ai que bacana. Adoro histórias que envolvam um pouquinho de uma boa e esperta política. Sendo focado nos EUA achei ainda mais interessante.
    É uma pena o final não ter sido completamente satisfatório, as vezes o autor peca por detalhes e acaba dando uma estragada na conclusão das história.

    Beijoo

    http://resenhandosonhos.com

    ResponderExcluir
  7. Eu costumava ler bastante livros de mistério e por algum motivo larguei o hábito. Agora, depois de ler sua resenha, estou me questionando o porquê. Esse livro definitivamente entrará na minha lista de quero ler.

    Beijoo!

    ResponderExcluir
  8. Adoro um suspensão HAHAHA já me interessou, vai pra listitinha pra ler num futuro, tipo daqui a uns 500 anos pra eu dar conta de tudo o que eu tenho aqui!
    Eu detesto quando não desvendam tudo no final, dá vontade de mandar um email pro autor e xingar um pouco. Só acho.
    http://www.canseidesernerd.com

    ResponderExcluir
  9. Não sou tão ligada em assuntos políticos, mas o livro tem uma premissa boa. Ótima resenha, beijos!

    http://www.devaneiosdepapel.com.br/

    ResponderExcluir

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3