Especial dia das crianças: só acontece comigo #30



Diz a lenda que brincadeira de criança é bom, mas não é melhor que ser feliz com Molejão; de acordo com minhas poucas experiências, tenho que concordar, a infância é de longe um dos melhores momentos da vida humana, ser feliz com absolutamente tudo e fazer vários nadas durante o dia é uma meta aberta para muitas pessoas.

Dizer que o Só Acontece Comigo de hoje é exclusivo para as crianças de todo o Brasil não seria verdade, visto que já acompanhamos o menino Naruto, aprendemos como fazer amigos com um pacote de bolachas (biscoitos? Um mistério jamais resolvido) e até mesmo o menino Peixonauta com sua mochila, mas hoje, em um clima nostálgico, convido vocês para entrarem nessa roubada que é a minha vida desde os meus 4 anos.

Era o primeiro ano do Jardim de Infância, ano de 2001 em uma escola onde os alunos mais velhos tinham 10 anos, com as músicas da Rouge em alta, e sextas-feira temáticas onde todos podiam levar brinquedos para a escola, a pequena menina Tatiane precisava fazer xixi, e a professora, preocupada com o bem estar de seus alunos, pedia para sempre irmos ao banheiro em dupla - nunca se sabe quando uma criança de 4 anos pode se enfiar dentro da privada, não é mesmo?

Naquela época minha melhor amiga se chamava Paloma, onde eu estava ela também estava e vice-versa; como esperado, fomos eu e menina Paloma ao banheiro, entramos juntas na cabine e apesar de muita resistência da minha parte, menina Paloma trancou a porta, fiz minhas necessidades, Paloma fez as dela e o que eu mais temia aconteceu, era real, a porta não abria.

Menina Paloma, mestre em flexibilidade, de algum jeito conseguiu passar em baixo da porta se arrastando no chão, atitude digna de uma cena em As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl, mas eu, menina Tatiane, na época um pouco acima do peso, entalei e tive que voltar para dentro da cabine.

O esperado após isso, é que menina Paloma, em um ato inteligente, fosse a sala de aula para informar nossa professora que a bolinha rosada chamada Tatiane estava presa no banheiro, mas como bem sabemos, a vida nem sempre é o que esperamos, e menina Paloma, se arrastando no chão novamente voltou para dentro da cabine e ficou ali, presa comigo, batendo na porta desesperadamente. Não lembro muito bem o que fizemos depois, mas sei que umas meninas da quarta série nos salvaram e quando voltamos para a sala levamos uma bronca por ter demorado muito.


A amizade é uma coisa linda, a infância mais ainda. 

5 comentários:

  1. Melhor história de dia das crianças ever <3 melhor foto também (e mais ainda, tudo a ver com a história, achei digno)
    Agora pô, criança é um bicho misterioso com umas ideias de girico né não? D: Quando eu lembro qe já tive dessas também... prefiro esquecer -q
    Beijos Tati <3

    ResponderExcluir
  2. Gente que história!! haha
    Ri no Rouge kkk

    Beijos,
    http://blogmacaverde.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Impossível não rir com as suas histórias, desculpa hahahaha

    Eu já passei por uma situiação parecida, quer dizer, enfiei a cabeça de uma menina na privada =/ Levei suspensão e tudo rs

    ResponderExcluir
  4. hahahahah são histórias pra contar pra vida toda né?
    Mas criança sempre faz isso, quando me afoguei na praia, estava eu e meu primo, e ele ao invés de ir buscar ajuda foi querer me salvar, e afogou também ahahah
    coisas da vida, beijos
    Follow Cíntia

    ResponderExcluir
  5. Como assim ela voltou? huehuehuehuehueue Amigos de verdade sofrem juntos u.u Yeah rs

    Realmente a infância é o doce da vida *.*
    xoxo

    ResponderExcluir

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3