Só acontece comigo #38 | A semana dos close errado.

Nem na semana do meu aniversário eu tenho o perdão do roteirista da minha vida e aconteceu tanta coisa que eu não vou aguentar contar um caso por post, então vou separar os dias em subtítulos nesse mesmo, que apelidei de: A SEMANA DOS CLOSE ERRADO.

Esse post foi verificado como um close errado pela Ranger Rosa.

Quarta-feira, 11 de Maio - OH HAPPY DAY WHEN TATIANE WAS BORN!


Eu saio de casa no turno da manhã e volto quando as luzes da rua já estão acesas, é bem triste e bem gratificante, triste porque eu queria ficar na minha casa assistindo séries, gratificante porque alguma coisa nessa vida eu estou fazendo direito (ou tentando fazer). E ai que nesse dia eu estava lá resolvendo exercícios porque é assim que se comemora aniversário desse lado da tela quando recebi uma ligação do meu pai informando que gostaria de me ver nessa data querida; nos vimos e ganhei uma carona até o meu local de estudos, onde a coisa começou a desandar. Fui sair do carro com as apostilas em uma mão, a mochila nas costas porém não muito, fechei a porta do veículo e tomei impulso para seguir meu rumo. 

Fui puxada de volta.
A alça da mochila ficou enroscada dentro do carro.
Meu pai não viu. 
Pensei: FODEU. 
Meu pai ligou o motor. 
Pensei: EITA. 
Me desesperei já vendo as manchetes, "Menina é arrastada por veículo do próprio pai no dia do seu aniversário. ENTENDA:" e comecei a bater loucamente na porta.
Do outro lado da rua tinha um taxista, tinha um taxista do outro lado da rua.
O taxista gargalhou.
Gargalhou bem alto.
Eu recolhi minha insignificância pra dentro do cursinho e agradeci por estar passando pela catraca pois há cinco segundos estava correndo risco de vida, não é mesmo?

Quinta-feira, 12 de Maio - Romance é romance, um lance é um lance.


Dessa vez, desprovida de carona, caminhei da biblioteca até o famoso cursinho, o que consiste em passar por uma área comercial com pessoas que não sabem andar em linha reta por todos os lados. Estava ali apenas me concentrando em andar sem tropeçar (nem sempre dá certo) quando duas mãos seguraram meus braços e falaram (a pessoa, não as mãos):

- BOA TARDE MOÇA, POSSO FALAR COM VOCÊ UM MINUTINHO?
- Eu tô atrasada. 
- O dia tem vinte e quatro horas, eu só quero um minutinho da sua atenção é por uma boa causa eu faço parte de uma associação que busca ajudar moradores de rua...

Depois disso eu não prestei atenção em mais nada, apenas concordava e acenava. 

O problema é: o cara não só não tinha soltado meus braços como também falava com o rosto muito perto do meu, e não adiantava me afastar porque o bendito voltava a colocar a respiração dele na mesma área que a minha, acabei me concentrando apenas em tomar cuidado para não ter um breve romance com aquele completo estranho e só fui voltar minha atenção para o que acontecia quando ouvi a palavra dinheiro (DINHEIRO? AONDE? QUERO!) e entendi que eu precisava comprar um livro e um CD de uma igreja cuja grana seria direcionada para a compra de mantimentos que a mesma proporciona aos acolhidos.

- É só cinco reais, moça!
- Ai moço eu não tenho dinheiro, só tenho o cartão do ônibus.
- Nenhuma moedinha, amiga?
- Eu sou estudante, estudante não tem muito dinheiro, né? Mas se eu tivesse ajudava, juro!
- Posso te pedir uma coisa então?
- Claro!
- Me dá um abraço?

Eu tinha outra opção? Até tinha, mas ele ia me segurar se eu corresse? Ia, né.
"Então você abraçou, Tatiane?", abracei.
Não só abracei como depois ouvi um "AI QUE DELICIA!".
Pelo menos tem alguém nesse mundo que demonstrou interesse pelo meu conteúdo, sabe? Achava que era só minha mãe. 

Sexta-feira, 13 de Maio - O dia daquele cujo nome não podemos citar.


Meus almoços de segunda a sexta são muito saudáveis. Você pode substituir o arroz e o feijão por pão com frios, por exemplo. Sei que faz mal e que preciso me monitorar, mas nem sempre a vida nos permite a alegria de ter uma boa alimentação então é o que dá pra fazer por enquanto. Pra completar o combo saúde comprei uma lata de Coca e fui andando até meu local de destino enquanto apreciava todos aqueles gases em meu canudinho. 

Toda cidade tem esse lugar famoso por conter muitas mulheres que prestam certos serviços, e ali estávamos eu e meu refrigerante passando pelo local em questão. Até que um homem obviamente um pouco fora de si passa por mim dizendo:

- ELA NÃO QUER ME AGARRAR!

Surge uma mulher do além:

- TÁ QUERENDO AGARRAR A PESSOA ERRADA!

Eu apenas pensei "ué?" e segui minha vida.

Seguir a vida significa entrar em outra cilada.

Passo por dois homens e escuto um sonoro:

- Hmmm me dá um gole dessa Coca ai.

 ***

Me dei a liberdade de passar esse fim de semana inteiro presa em casa pois: os close errado, eles são muitos.

4 comentários:

  1. Eu ri demais com a primeira história...
    Imagino que se fosse eu, também abraçaria o cara por ficar bem sem graça com o pedido! hahahahaha
    Ótimo post!
    Beijos, Aline
    http://versoaleatorio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. gente do céu! dizem é que inferno astral para os que acreditam nos astros. espero que tudo vai ficar bem.

    abraço!

    ResponderExcluir
  3. Primeiro de tudo FELIZ ANIVERSÁRIO atrasado, especialmente depois de sobreviver a um quase possível arrastamento. Hahhahahaha double winning!
    Se tem um negócio que eu odeio são essas pessoas que te param pra falar na rua. Esses dias uma moça me parou pra ORAR comigo. ?????? nunca sei lidar e tenho vontade de sair correndo, mas acho que no seu lugar eu também abraçaria o estranho porque né? Ainda não dominamos a habilidade de falar não pra desconhecidos. Tomara que essa semana dos close errado tenha encerrado aí mesmo! :P
    :***

    ResponderExcluir
  4. Hahaha, gente... xD Taxista fdp, rs. E eu não abraçava o cara mas nem se ele me pagasse, eu hein! :P Qto aos caras da Coca cola... eu xingava (mentira, não xingava não, mas ia ficar com vontade)

    Bjs!

    ResponderExcluir

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3