E faço das lembranças um lugar seguro. | BEDA #4

Na segunda-feira cheguei aqui toda faceira com um cronograma que tinha tudo pra dar certo nesse mês de perturbação mental, quarto dia de BEDA e eis que percebo: as quintas-feiras que seriam preenchidas com posts sobre livros não podem ser feitas porque não tenho posts sobre livros, e fazê-los é inviável para o momento. O que vou fazer com as quintas agora? Aceitar a minha derrota, possivelmente.

Eu acho engraçado (pra não dizer péssimo) como apesar de a vida sempre tentar me mostrar que não é bem assim que se rema, eu continuo insistindo em seguir uma programação fiel com horários e dias específicos pra tudo. Dá certo? É claro que não, e como se não bastasse, o meu cérebro, essa coisa muito especial, faz questão de guardar com carinho justamente as coisas que aconteceram fora do meu controle.

Em 2013:

- Depois da entrevista de emprego em que fui aprovada meu pai me levou em um Habib's próximo do meu antigo trabalho e nós comemos beirute pra comemorar a nova fase da minha vida;
- Um amigo toda vez que me via me abraçava e cantava Sozinho, do Caetano Veloso;
- Comecei uma conversa na sala de aula com "Você tem uma cara de quem joga LOL", somos amigos até hoje (ele jogava mesmo).

Em 2014:

- Peguei metrô com um senhor que escrevia poemas e os imprimia em formato de livro em folhas sulfite cor de rosa, tenho até hoje um poeminha que ele fez na hora e me deu;
- Peguei metrô com um rapaz que tocava violino e achei a coisa mais bonita do mundo;
- Vi uma banda tocar na Paulista com cabeças de animais (tinha um panda).

Em 2015:

- Dancei Lady Gaga em um intervalo do cursinho e fiz sucesso;
- Um senhor ficou conversando comigo em um ponto de ônibus e aprendi sobre Buda;
- Fui dar oi pra uma pessoa e tropecei na perna de um menino, quase bati a cara no chão (pior dia da minha vida);
- Em um ponto de ônibus, quando dei sinal para o meu, um moço na minha frente parou a conversa que estava tendo e me olhou com cara de tristeza por eu estar indo embora.

Em 2016:

- Uma borboleta pousou no meu joelho enquanto eu almoçava;
- Um rapaz que fica ganhando dinheirinhos no centro da cidade vestido de Fred Krueger se escondeu em um orelhão pra assustar pessoas e eu não conseguia parar de rir enquanto olhava;
- Trombei com uma menina entrando na sala de aula e nós duas tivemos ataque de riso;
- Vi um trio tocando Beatles no violino;
- Vi uma criança de uns três anos vestida de ursinho andando e rindo sozinha.

A vida é mais sobre as coisas que acontecem do que sobre o que nós queremos que aconteça.
Eu nunca quis que esse post acontecesse. 

11 comentários:

  1. Uau, quanta coisa pequena e bonita. Eu sempre fui do tipo que adora essas situações, mas nunca guardo elas pra contar depois. Mas é aquela coisa: o mundo é lindo pra quem sabe apreciar. HAHA

    Espero que semana que vem você consiga se virar no post de quinta.

    Beijinhos.
    Ooh Mry

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post <3 Sou dessas que acreditam que nada acontece por acaso e amo amo amo ficar prestando atenção nessas pequenas coisas, detalhes e momentos que, às vezes, podem passar despercebidos por nós!

    Beijo,
    Vic ;*

    https://victoriafelet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. E ainda bem que esse post aconteceu!
    Amei esses acontecimentos de cada ano. E me lembrei de uma vez que fui almoçar com minha amiga, na hora que fui embora vi que não tinha dinheiro para o ônibus e voltei a pé, antei por uma hora.
    Beijos, Aline
    http://versoaleatorio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. As vezes a gente não dá a mínima bola pra um acontecimento totalmente aleatório, mas ai depois percebe como isso mudou alguma coisa significante nas nossas vidas. As vezes acho o acaso incrível <3

    ResponderExcluir
  5. AINDA BEM QUE ESSE POST ACONTECEU
    desculpa tenho memoria pessima e não conseguiria se quer escrever tantos detalhes <33333 amei amei desisti não sabe pq?
    NOT TODAY SATAN

    http://escrevendodepijama.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. AINDA BEM QUE ESSE POST ACONTECEU!!! Trate de ocupar essas quintas com mais relatos sobre a sua vida, porque são meus posts favoritos hahahahahaha. Também guardo alguns momentos aleatórios fruto do acaso assim na cabeça - essas coisinhas que acontecem de surpresa são as melhores, por mais que a gente insista em tentar controlar a nossa vida e achar que sabe de algo hahahahah. Força nesse BEDA, menina <3

    ResponderExcluir
  7. Mas foi um post tão lindo, mostrando que as coisas não programadas podem ser mais felizes. Força 💪 ideias virão.

    ResponderExcluir
  8. Vou me juntar ao coro de: ainda bem que esse post aconteceu! Isso tudo só mostra que quando alguma coisa é pra ser, será. Independente das nossas vontades, né? <3

    ResponderExcluir
  9. A gente não tem controle sob a vida. As vezes shits happens e temos que tirar o melhor proveito né? Você pelo menos conseguiu um post incrível com momentos tao legais. Eu não lembro o que comi ontem, hahahaa

    Um beijo e viva a vida sem controle :)

    ResponderExcluir
  10. que post lindo,
    essas coisinhas simples que acontecem no modo random muitas vezes mudam algo grande da nossa vida.
    ainda bem que esse post aconteceu :)

    ResponderExcluir
  11. ACABEI DE PERCEBER QUE EU NÃO LEMBRO NADA DE 2013 oO

    ResponderExcluir

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3