Carta fora do baralho.

Costumo falar que as pessoas são complicadas, que saber conviver com grande parte da humanidade não é fácil, na esperança de que com isso entendam o que se passa na minha mente. O problema é quando ninguém é capaz de sequer interpretar o que você escreve, sendo direta ou indiretamente para elas. E é exatamente isso que vem acontecendo, não me dou bem com a pessoa pelo jeito dela, e a bonitinha faz o favor de colocar a culpa até da privada entupida dela nas minhas costas. O melhor de tudo isso, é que ela faz a cabeça de outras pessoas e sai sempre como a vítima, ah vamos lá acabar com o pouco de paciência que a Tatiane já não tem amiguinhos.

Certa vez comentei nesse post que tenho dificuldade para aceitar qualquer pessoa que aparece na minha vida com facilidade porque costumo ser observadora e me aproximo apenas de quem me impressiona com algo de diferente, quem consegue me fazer rir mesmo eu sendo mal humorada desde o berço, quem sabe conversar além de assuntos tão chatinhos que cercam apenas o próprio umbigo. E adivinhem? Essa criatura abençoada tema do post de hoje (não só de hoje como do mês, porque venhamos e convenhamos quanto tempo fiquei sem postar?) é exatamente tudo aquilo que eu já estou de saco cheio, e como se não bastasse ela acha que eu sou sozinha na vida - gostaria de deixar claro que eu não sou uma menina isolada de tudo e todos, eu tenho sim amiguinhos, mas gosto de ser sozinha em certas coisas e também não me sinto confortável para despejar meus problemas em cima deles, logo não me sinto confortável para conversar sobre isso com ela, que verificando aqui no meu caderninho é exatamente um nada na minha vida - e fica tentando me fazer desabafar sobre coisas particulares com ela, enquanto eu só quero mandar ela para aquele lugar onde o sol não bate.

No fim de tudo, ela consegue fazer com que eu me sinta culpada por coisas que eu sei que não fiz, olha que maravilhoso! Ela que o tempo todo quis se aproximar conseguiu a proeza de me afastar e de quebra ganhou um espaço na área "desprezo" do meu coração. O que eu quero ensinar com esse exemplo fabuloso que a vida colocou em meu caminho? Peguem o bloquinho de anotações e uma caneta e levem essa frase nos corações: não forcem a barra. Amizade e intimidade é algo que se conquista, se você força a pessoa a isso sinto muito mas ao invés de estar sendo amigo você está sendo aquela pessoa que os outros querem fugir.

A segunda dica é: saiba conversar sem se fazer de vítima. Como assim? Titia Tati explica, peguem novamente o bloquinho e a caneta e se atentem aos detalhes. Eu infelizmente tenho mania de resolver meus problemas com outras pessoas conversando com as mesmas, tentando esclarecer cada letra e acento, como isso é um costume meu obviamente resolvi tentar esclarecer as coisas com a amiguinha. E o que ela fez? Se passou por vítima, interpretou o que eu disse de maneira completamente distorcida e fechou o assunto falando sobre o quanto ela também sofre, sobre o quanto a vida não está fácil para ninguém. MEU AMOR EU AMO MINHA VIDA POR MAIS RUIM QUE ELA SEJA NÃO VENHA ME DIZER QUE A SUA TAMBÉM É RUIM PORQUE EU NÃO ME IMPORTO. Ignorando o Caps Lock, o que eu quis dizer foi simplesmente que: interpretação de texto é algo requerido até mesmo no ENEM, se você não sabe interpretar nem o que o outro lhe diz volte duas casas para as aulas de língua portuguesa do ensino fundamental.

E mais uma vez, eu percebo que sim o problema sou eu, mas não no sentido que ela pensa ser, no sentido de que eu realmente sou o famoso clichê da carta fora do baralho. Todo mundo gosta de ser popular, todo mundo gosta de conhecer gente nova e eu continuo sendo a que sorri simpaticamente enquanto dá passinhos para trás e se afasta. Ainda sou daquela época que amizades simplesmente aconteciam, quem quiser fazer acontecer ao invés de forçar as coisas pode me abraçar que são com esses que eu consigo me dar bem, desculpa mundo.

3 comentários:

  1. Aquela velha frase "Sou responsável pelo que eu digo e não pela que você entende".

    Não sei qual o problema das pessoas que acham que amizade consiste em troca de segredos. O que troco com meus amigos é carinho e momentos. Pessoas como a que você citou no texto são inseguras e inconstantes. Realmente forçar a barra não é boa coisa.

    ResponderExcluir
  2. Podia escrever um enorme texto pra tentar te ajudar com a situação, mas vou ser breve: Ignore. E mais, aqui do lado, a mensagem da Monica Crema, acho que ela serve bastante nesse caso. Deixa pra lá e não fique mal por causa disso ou dessa pessoa. Cada um vê as coisas de um jeito e o seu jeito de fazer ou levar amizades, é o seu jeito e seus amigos tem que entender isso.

    ResponderExcluir
  3. Cara, eu tenho uma paixão LÉSBICA SUPER LÉSBICA POR VOCÊ TATI.
    To aqui pensando tanto no que vou escrever, e não faço a menor ideia nem de por onde começar. Cara, te entendo tão perfeitamente, e eu sei que é um saco quando as pessoas dizem que te entendem, porque na verdade ninguém pode entender 100% o outro, mas é que eu passei por uma situação TÃO parecida no início do ano, que tive que dizer isso.
    E tenho duas características específicas muito parecidas com vc: a primeira é que, enquanto a maioria das pessoas parece se importar bizarramente com popularidade e quantidade de amigos, eu quero mais é que se foda. rs E a outra é que tenho a maldita mania de respeitar todo mundo e de superestimar a inteligência de certas pessoas, achando que tudo vai se resolver na conversa, mas briga é assim mesmo, as pessoas não entendem, distorcem tudo, e ainda saem achando que estão por cima e que se deram melhor com argumentos rasos e estúpidos.
    Estou falando tudo isso porque passei por uma coisa MUITO parecida. E de quebra, a pessoa TAMBÉM achava que eu era uma sozinha na vida. Será que nossa treta é com a mesma pessoa? o.O kkkkkk

    ps: Citei você no blog day, linda. Vai lá ver!

    ResponderExcluir

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3