Self image 2014.

Meu nome é Tatiane, mas eu prefiro que me chamem só de Tati porque as pessoas costumam me chamar de Tatiana, e eu odeio quando tenho que ensinar a elas o jeito certo de pronunciar meu nome.

Eu ando pelas ruas querendo que não me notem e paro nos lugares querendo que me notem, sempre acontece o contrário. Eu me irrito quando puxam assunto comigo e me animo quando quem puxa o assunto sou eu. Eu não tenho paciência pra usar sapatilhas nem pra pintar a unha, mas acho lindo quem tem. Eu ajudo todo mundo e não me ajudo nunca. E todo ano eu falo que isso vai mudar. Eu comprei A Culpa É Das Estrelas e não chorei, se chorei foi de raiva por querer meu dinheiro de volta, e nunca me cansarei de falar isso. Eu passei três anos da minha vida dizendo que quando o fim do ensino médio chegasse Publicidade e Propaganda seria o meu futuro, agora o fim está perto e eu não sei mais o que pensar sobre o futuro. Eu passo os dias tentando me entender sem perceber que na verdade me entendo, e o que eu entendo a meu respeito é que sou o tipo de pessoa que não se entende. Eu sou o tipo de pessoa quieta que não gosta de conversar, mas se o assunto me interessar sou capaz de me despedir pessoalmente e te ligar pra continuar com a conversa. E acho que já disse algo parecido um pouco mais acima, o que me lembra que eu tenho muitas ideias e não sei organiza-las. Eu odiava minha aparência por usar óculos desde os quatro anos, agora sinto o peso do fim da adolescência e parei de me importar com meus "quatro olhos" pra me importar com o que é melhor para eu conseguir ler direito tudo o que preciso estudar - fico com os óculos, as lentes de contato foram esquecidas. Eu achava que tinha amigos e me importava com todos eles, agora não sei onde estão nem como estão. E sinceramente não me importo em saber. Eu já vou fazer dezessete anos e terminar o ensino médio, ainda lembro quando sai do fundamental e pensei que as coisas seriam completamente diferentes. Eu tenho mania de falar tudo rápido e baixo quando me vem muitas coisas a cabeça, sorte sua estar lendo tudo isso ao invés de ouvindo-me falar.

Agora são quase 19 horas de um domingo e estou lendo tudo isso e me perguntando se é isso mesmo, na dúvida releio no dia seguinte (segunda feira, amanhã, hoje ou quem sabe ontem, depende do dia que você está lendo isso) e depois fico me perturbando pelo resto do mês como sempre faço desde que me conheço. E essa sou eu, no inicio do ano de 2014.


Na verdade a ideia do self image foi criada pelo Eric que os publica todo ano como vídeos no YouTube. Mas a Milena decidiu fazer o self dela em forma de texto, depois de ler o dela e o da Ana me interessei e fiz também. E eu adoraria ler mais desses, agora é com vocês.


Comentários

  1. Que legal que você fez o seu, Tati! Realmente adoro ver/ler self images.
    Me identifiquei com várias coisas que você escreveu, especialmente o meu eu do ensino médio. Tinha muito essa sensação de ser confusa demais (ainda tenho), também passei por essa fase se me decepcionar com os meus amigos. Espero que seja só uma fase pra você também.
    Pena que não gostou de ACEDE. É um dos meus preferidos da vida, senão o preferido.
    Boa sorte em 2014 e com o fim do EM. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Que legal você ter feito! Gostei muito do seu self image :) eu tenho que usar óculos, mas me sinto muito incomodada com eles, então meus óculos ficam guardados eternamente na caixa em que vieram, e sobre essa história de várias coisas na cabeça e várias ideias para falar, te entendo plenamente! Na verdade, ninguém nunca entende o que digo, porque só falo muito muito rápido pra tentar seguir meus pensamentos, por isso que prefiro escrever, daí posso pontuar de uma maneira que fique normal, hahahaha
    beijos :)

    ResponderExcluir
  3. Me identifiquei com seu self, principalmente na parte da Culpa é das Estrelas, que eu também não chorei. E também quis meu dinheiro de volta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos nos unir e ir até as livrarias banir esse livro do mundo

      Excluir
  4. "Eu ajudo todo mundo e não me ajudo nunca". Lindo e trágico, Tati. Tente se sentir parte do "todo mundo" que você sempre ajuda.

    Um beijo e tudo de melhor nesse ano!
    http://sleepinabox.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Muito bom esse desabafo, tati! Acho que no fundo todos temos coisas em comum! Tb não chorei com a culpa é das estrelas, mas chorei horrores com a menina que roubava livros!
    No mais,adorei conhecer teu blog! Muito legal! E suas fotos do insta estão uma fofura!
    Tô te seguindo a partir de agora,viu?
    Beeijos!
    Se puder passa no meu p/ conhecer tb!

    minhassingularidades.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Se eu te disser que o seu Self-image foi, de todos os que eu li ate agora por ai nos blogs, um dos meus favoritos - você acredita? Rs
    Somos bem diferentes, mas te achei interessante.
    Entendo perfeitamente o que você diz sobre não fazer muita questão de saber onde os "amigos" estão, e principalmente não fazer ideia do que será do futuro. E olha que eu já acabei o Ensino Médio. Perturbador, viu.
    Minha irmã fala baixo e rápido, então pode crer que eu te entenderia rs
    Não sou tímica e normalmente quero que me notem sim - aliás, sempre quis usar óculos, e lembro que a primeira vez que usei (aos 11 anos) não precisava de verdade (menti todas as letras pro médico). Hoje em dia uso porque preciso. E continuo adorando.
    Enfim, por ultimo, nunca li a culpa das estrelas (só partes, mas não cheguei a ler o livro todo) mas implico absurdamente, e não gostei do que li. Vamos conversar sobre isso: pq vc tb não gostou? hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu te disser que é difícil de acreditar que o meu self image foi um dos seus favoritos, você acredita?
      Tem amigos que a gente percebe que não são tão amigos assim, então simplesmente parei de fazer questão, e sobre o futuro, melhor não tomar decisão nenhuma e ter tempo pra pensar, do que tomar a decisão errada.
      Eu nasci com miopia, mas fui descobrir isso com quatro anos e já tinha 3 graus, enquanto isso você tava mentindo pro médico pra poder usar óculos, ô vida!
      Sobre você também não gostar de A Culpa é Das Estrelas: me abrace.
      Bom, eu achei uma coisa muito Nicholas Sparks adaptada, o roteiro foi muito previsível, e eu tenho raiva dessa mania que todo mundo tem de colocar pessoas com câncer como protagonistas de um romance pra tentar tocar o coração de todo mundo, como eu já disse em outros blogs John Green não é tudo isso, ele só teve a sorte de conquistar o publico adolescente, alias deixei todas minhas reclamações que ainda assim não foram suficiente aqui: http://novembroinconstante.blogspot.com.br/2013/09/resenha-culpa-e-das-estrelas.html

      Excluir
  7. Tati, adorei o seu self-image. Temos algumas coisas em comum como querer andar sem ser percebida, falar rápido e baixo e no começo da minha vida "quatro olhos" também odiava. Hoje eu adoro, quero sempre os óculos mais chamativos, hahaha! Mas eu chorei ao ler A Culpa é das Estrelas =/ Sou um manteiga derretida no microondas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Sou apaixonada por posts desse tipo, de verdade e o seu ta absurdamente sincero e lindo. Mais tarde, talvez, eu tente fazer um desses, embora tenha uma dificuldade tremenda pra falar de mim mesma. Eu tinha miopia quando pequena e odiava meu óculos, daí parei de usar e depois de um tempo, fiquei curada ahahaha acredite, isso é a mais pura verdade. ACEDE é um dos meus livros preferidos da vida, mas o que seria do azul se todo mundo gostasse do vermelho, não é mesmo?
    À propósito, adorei o novo layout.
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bea ♥
      Faz siiiiiim além de adorar fazer posts assim eu também amo ler os alheios
      Quem dera se meus 8 graus de miopia também sumissem assim milagrosamente haha

      Excluir
  9. Olá Tatiane, adorei teu blog ;)
    Eu me identifiquei com algumas coisas que vc escreveu... A primeira que é um desabafo, eu também nããão gostei do livro A Culpa é das Estrelas e vc é a única pessoa na net que eu leio dizendo que não gostou, eu já estava me sentindo anormal kkkkkk
    Eu também não gosto quando tenho que corrigir os outros quando falam meu nome.. Eu sou Mikaele e nããão Mikaela kkkkk
    Gostei de verdade do teu blog... Vou passar sempre que eu puder rsrs
    Ah, e vc está nova para ter tantas dúvidas.. E sabe o que acontece quando o tempo passa? A gente continua ficar sem saber de muita coisa rsrs..
    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3