Só acontece comigo #11



 Da série: conversinhas de elevador que deveriam ser evitadas.

Elevador, um lugar muito comum, bom para alguns que odeiam escadas, ruim para outros que sofrem de claustrofobia. Mas gostando ou não todo mundo já encarou um na vida.

Eu particularmente não tenho nada contra, qualquer coisa que me faça andar menos que o necessário é muito bem vinda, mas ai eu tive que começar a fazer uso de elevadores no trabalho, e bom... Não é mais tão legal como antes.

Horário de almoço - pronuncia-se hora de correr - você entra no elevador e no andar seguinte alguém que você nunca viu antes aparece, aperta o botão do andar que irá e você torce o nariz por ser justamente o mesmo andar que o seu. As portas se fecham, o coleguinha te olha e repara que você está de bolsa.

- Mas já vai embora? - observa o relógio de pulso, pensando ser o cara mais engraçado do mundo.
- Não, é meu horário de almoço agora... - tentei dar meu melhor sorriso enquanto perguntava pra Deus porque eu tinha entrado justo no mesmo elevador que aquele cara.
- NÃO ACREDITO QUE VOCÊ ALMOÇA! PENSEI QUE UMA MOÇA SIMPÁTICA DESSA NÃO PRECISAVA NEM COMER!

Não, não amigo. Eu não almoço não, encontrei fontes alternativas de obter energia sabe? Entrei nessa onda de energia ecológica e me alimento da luz solar agora.

Comentários

  1. kkkkkkk você devia ter respondido "Mas quem disse que eu vou comer? Vou só pegar um sol pra fazer fotossíntese". Eu realmente detesto quando pessoas estranhas vem falar comigo tipo no ônibus ou no elevador mesmo, principalmente se for pra falar asneiras.

    ResponderExcluir
  2. Existem pessoas agradáveis e esses seres que tentam ser engraçadinhos. kkkkkkkkkkkkk melhor ficar em silêncio no elevador

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3