Para Richard. | BEDA #16



Richard Burke, amigo de longa data de Jack Geller, 21 anos mais velho que a filha de seu amigo, Monica Geller, divorciado, médico com vida estável e aparentemente, com poucas coisas não conquistadas. Quem já assistiu Friends sabe: Monica e Richard eram reais, até toda a verdade vir à tona. Um sentimento pode ser o mais forte possível, mas quando duas pessoas querem coisas diferentes na vida, não há amor que dê certo. E mesmo que um dos lados resolva ceder, sempre fica a dúvida do que poderia ter sido: a outra vida, as possíveis outras pessoas, as conquistas diferentes das atuais.

Às vezes somos um Richard na vida de alguém.

E chegamos com propostas erradas em momentos certos, o sentimento existe, preenche o peito e dá nó na garganta só de olhar pra pessoa e saber que é recíproco, porque ela te diz isso, ela faz ser real, ser palpável. Até seus amigos sabem que aquela é a pessoa, e dão total apoio ao relacionamento.



De tanto dizer, chega o dia em que você ouve o que não quer e se dá conta: por que eu continuo nisso? Qual o meu futuro aqui? Uma vibe um pouco Radiohead te faz pensar: "What the hell am I doing here? I don't belong here!", até que você vai embora. Sem pensar nos anos marcados no calendário ao lado da pessoa, sem pensar nos presentes que continuam no seu quarto, sem pensar no que poderia ser porque você sabe que aquele futuro não é seu.



Às  vezes conhecemos um Richard.

E não conseguimos entender porque a pessoa partiu, já que nos ensinam que amar é ceder, quando não, amar é saber a hora de ir por não ter mais jeito, reconhecer que a liberdade do outro vale mais, que o futuro pode ser melhor com alguém tão especial quanto. 

Se você conheceu um Richard, ainda pode conhecer um Chandler.



E se você foi um Richard, força, talvez também exista um Bing pra você.


Comentários

  1. Nossa, dói estar nessa situação, mas o que eu aprendi com a vidá é que não dá pra forçar a outra pessoa a ser aquilo que ela não é, e você não quer que façam isso com você, então é melhor procurar aquilo que você quer, uma hora chega... Ou a gente espera que sim!

    ResponderExcluir
  2. Sabe, agora pensei que eu tenho deixado os Richards passarem, sempre querendo o ideal, mas pelo menos devíamos nos divertir um pouco com eles, hahaha

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não assisti Friends linearmente, entao não conheco o Richard HAHAHAH mas menina, seu texto <3 sei que sentimento é esse, e como a gente fica confusa com isso. É pra ser? Não é pra ser? Por que não??? Comofas????
    Mas eu sou romântica e acredito que sempre existe um Chandler a ser encontrado na vida das pessoas heheh <33

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3