Só acontece comigo #39

Ou: um post para ler sempre que eu me cobrar atitudes adultas. 

Eu sou esse gif ou esse gif sou eu?


O que vocês vão ler nesse momento não é um simples post rotineiro com os acontecimentos desastrosos da minha vida (também, na verdade). É a prova, com argumentos reais, de que eu, Tatiane, não possuo qualificação para viver o tempo inteiro no mundo adulto.

Fevereiro de 2016.

Bons tempos esses em que eu tinha apenas 18 anos! Entrei na companhia de minha treinadora Pokémon (alguns chamam de mãe pelo que me parece) no local onde atualmente estudo, para efetuar minha matrícula. Apesar de estar acompanhada, apenas eu falaria com a recepcionista. Em meio ao procedimento executado pela mesma (eu disse que não tinha qualificação para viver no mundo adulto, mas escrever palavras difíceis me dá mais segurança) surgiu a pergunta no formulário:

- Profissão?
- Hmmmm... Desem... pregada?
- Posso colocar estudante? - a moça pergunta segurando o riso.
- Fica mais bonito, né?

(***)

Junho de 2016.

A mesma recepção, a mesma moça, eu desacompanhada, e o único problema a ser resolvido: a mudança do endereço residencial no meu cadastro.

- Me passa o número da sua carteirinha? - entreguei a carteirinha porque falar o número me causa muitas crises internas - Confere se o endereço é esse?

A moça começou a falar o endereço.
Eu confirmei.
Ela devolveu a carteirinha.

- Tá atualizado!

Fiquei uns cinco segundos olhando a moça e gritando internamente: "MAS ESSE É O ENDEREÇO ANTIGO!". Agradeci e saí andando porque aparentemente minha timidez alcançou um novo patamar e agora eu não consigo nem fazer o que tenho que fazer.

Pedi pra minha mãe voltar lá nas férias e atualizar o endereço? Pedi sim.
AQUI É VIDA ADULTA MEU IRMÃO!

Encerro o post com a seguinte imagem:


QUALIDADE DE QUEM É FRACO, FROUXO

 (งツ)ว

Comentários

  1. Mas menina Hahahahah Eu acho que já estive nesse nível de timidez, mas já dei uns passinhos em direção à luz (não muitos, mas enfim)

    ResponderExcluir
  2. Ai gente, dá aqui um abracinho, me deu até um aperto com essa definição!
    Olha, não sei se vai ajudar, maaas pode ser que depois do colégio as coisas melhorem no sentido timidez (pelo menos comigo foi assim). A vida meio bosta é pra sempre mesmo e ser adulto não tá com nada. rs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3