Rua dos alfeneiros, nº 04. | BEDA #02


É na rua dos Alfeneiros, nº 4 onde tudo começa. O incrível mundo bruxo de J. K. Rowling é fundido com o mundo dos trouxas, digo, com o mundo dos Dursley, “[…] que eram perfeitamente normais, muito bem, obrigado.”; Harry é um garoto de apenas 10 anos, que na ausência dos pais, foi criado por seus tios, “[…] as últimas pessoas no mundo que se esperaria que se metessem em alguma coisa estranha ou misteriosa, porque simplesmente não compactuavam com esse tipo de bobagem.
É sabido por aí que tanto trouxas como bruxos odeiam aquilo que não entendem, como uma forma de não aceitar a sua incapacidade diante de algo. Para os Dursley, a magia não era só abominável, era a marca registrada dos Potter, família composta pela irmã da Sra. Dursley, seu marido e seu filho, Harry, em quem a frustração de sua tia por ter visto sua irmã partir para uma escola de magia e ser o orgulho de seus pais é descontada.
Após 10 anos sendo trancado em um armário abaixo da escada, mal tratado pelos tios e pelo primo, excluído de passeios e escondendo ao máximo a horrível cicatriz em sua testa, quando completa 11 anos Harry descobre ser alguém admirado em um mundo paralelo ao que conhece. Após tantas cartas que chegavam por meio de corujas e um gigante com um coração maior que seu próprio tamanho chamado Rúbeo Hagrid o visitando inesperadamente, Potter descobre ser um bruxo, e assim como seus falecidos pais, é convidado para estudar na grande Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts pelos próximos anos.
A minha intenção inicial era voltar a reler a série de livros em Setembro (2016), mês em que as aulas oficialmente retornam a Hogwarts, mas se no mundo bruxo as aulas estavam só começando, no meu mundo as coisas estavam bem corridas, então resolvi adiar a releitura para Dezembro associando-a ao meu capítulo favorito d’A Pedra Filosofal: 12. O Espelho de Ojesed.
“O Natal se aproximava. Certa manhã em meados de dezembro, Hogwarts acordou coberta com mais de um metro de neve.”



É esse o capítulo em que mesmo com mais uma das muitas provocações de Draco Malfoy por Harry não ter uma casa para voltar e comemorar a data como muitos dos alunos, o natal na escola se transforma no melhor natal que Harry já teve, o que reforça a velha história de que estar com as pessoas certas é a chave para fazer qualquer coisa dar certo, e não estar necessariamente no local certo.


“Na noite de Natal, Harry foi para a cama pensando com ansiedade na comida e na diversão do dia seguinte, mas sem esperar nenhum presente. Quando acordou cedo na manhã seguinte, porém, a primeira coisa que viu foi uma pequena pilha de embrulhos ao pé de sua cama."

De todos os livros da série, A Pedra Filosofal certamente não é o meu preferido, mas na segunda, dia 31 de Julho, foi aniversário da J.K e do Harry, e eu, Lufana que sou -- portanto leal --, quis de alguma forma relembrar isso por aqui. As cartinhas de Hogwarts não chegaram em minha humilde residência, e creio que nem por ai, mas realmente espero que todos nós encontremos nossos respectivos locais onde sempre é melhor de se estar, assim como o Harry teve a sorte de achar. 

Comentários

  1. Eu reli a saga toda no mês passado, é tão boaaaaaaa. Os filmes também <3 <3

    Com amor,
    <3 bruna-morgan.blogspot.com <3

    ResponderExcluir
  2. como esses livros são importantes, né? sempre acabo relendo e sempre me emociono <3

    ResponderExcluir
  3. Quero muito reler os livros, penso até em começar ainda este ano. Harry Potter, sem sombra de dúvidas, contribuiu muito para a minha formação e as histórias me faziam companhia em momentos difíceis.
    Lembro até hoje do dia em que comecei a ler A Pedra Filosofal <3 Ai, que livro lindo! Também não é o meu preferido, mas com certeza, tem um lugar muito especial no meu coração.

    E AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH VOCÊ TAMBÉM É LUFANA <3 <3 <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3