Permissão para ser boba

19 julho 2021

São muitas as razões pelas quais não escrevo mais na internet como antigamente. Se esse blog existe desde 2013, é porque daquele ano até meados de 2016 eu tinha menos medo de expor aqui tudo o que, de alguma forma, não ficava completamente resolvido no mundo físico. O ano passado, principalmente, me deixou em um estado de paralisia do qual só fui realmente sair em Junho desse ano. Desde então, agora mais mentalmente saudável, me pergunto: o que ainda está me impedindo de fazer as mesmas coisas que sempre gostei? 


Ainda não consegui identificar bem o porquê, nem como isso começou, mas percebi que me sinto boba postando em um blog "na minha idade". Ainda sou muita nova e tenho completa noção disso, além de concordar que faixa etária não é critério para nenhum tipo de hobby, mas ainda assim meu eu interno insiste em jogar na minha cara que seria muito infantil da minha parte continuar alimentando um espaço na blogosfera em pleno ano de 2021, aos 24 anos. 


Acho que tenho medo. Mais dos outros do que de mim. Medo que as pessoas da vida real encontrem cada vez mais esse espaço e vejam coisas que muitas vezes eu escondo. Medo de ser julgada. Medo de ser considerada boba por falar o que falo e o que já falei por aqui. 


Quero me dar mais permissão para ser boba, mas esse é um termo de consentimento que ainda não consegui assinar. Talvez o segredo seja aceitar os termos sem antes lê-los, para assim parar de pensar tanto em algo que sempre fez parte de quem eu sou. 


Que post mais bobo. E que bobeira me importar tanto com os outros. Mais bobo ainda me achar boba por isso. 

13 comentários

  1. Isso é um tanto complicado, as vezes eu fico me sentindo assim, principalmente agora com esse papo de "cringe"... Mas sério, o importante mesmo é a gente ser feliz, acho que a gente tem que aprender isso, que não importa o que os outros acham ou deixam de achar, se nos faz bem (e não machuca ninguém) vamos continuar

    beijosss
    Carol Justo | Justo Eu?!

    ResponderExcluir
  2. eu MORRO de medo das pessoas da vida real encontrarem meu blog... sei lá. por lá exponho as coisas que guardo na cabeça, parece uma coisa bem íntima, mas de alguma forma, compartilhando com pessoas que estão fora do meu convívio "presencial", não se sinto envergonhada, inclusive em compartilhar bobagens (todos temos nossos momentos, não se preocupe tanto). Tô com 32 e vou ficar velhinha tendo blog, espero rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Eu já tive muitos blogs mas desde o ano de 2019 não consigo voltar a ser assídua na blogosfera mesmo amando perambular pelos blogs e escrever. Sinto cada vez mais que é insignificante e isso me preocupa.

    ResponderExcluir
  4. Tem outra maneira de escrever no blog pessoal sem parecer boba, infantil demais, velha demais, demodê, clichê...? Não tenho resposta.

    ResponderExcluir
  5. Eu não sei se você já leu Crônicas de Nárnia, mas tem um trechinho (acho que) do prefácio em que o autor menciona que não tem nada mais infantil do que o medo de parecer ser muito criança, porque um adulto de verdade é seguro de si, e sabe que manter interesses que tinha quando era mais jovem não te faz menos adulto em nada. Quando eu li isso, parece que acendeu uma luzinha na minha cabeça e eu me senti muito mais livre pra ser quem eu sou, gostar do que eu gosto e não aceitar críticas. E daí que eu ainda assisto desenho e coleciono bichinho de pelúcia? Ser adulto é justamente ter a liberdade de escolha. Outra coisa é que eu super entendo seu medo de compartilhar demais. Seu blog é um espaço que precisa te deixar confortável, é seu espaço. Mas acho que hoje em dia, o maior veículo de exposição são as redes sociais, principalmente instagram e twitter. Blogs e outros espaços meio esquecidos acabam sendo menos "arriscados" hoje em dia, justamente porque tem tão poucos em comparação com o que era há alguns anos, que ninguém mais pensa "será que fulana tem blog?", sabe? Enfim, eu espero que você consiga descobrir o que te incomoda e se sentir mais confortável.

    Martina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li As Crônicas de Nárnia, mas fiquei com vontade <3

      Excluir
  6. Eu já tive vários blogs, mas esse meu ultimo é o mais pessoal. Eu não penso que posso parecer infantil escrevendo nele, penso apenas que é meu "diário" em que eu registro algumas coisas que acontecem e que eu gosto. Eu escrevo pra mim mesma e eventualmente algumas pessoas leem. Acho que não deveria se preocupar em parecer boba...

    ResponderExcluir
  7. Que bom saber que você está se sentindo mais mentalmente saudável, Tati!

    Me sinto muito deslocada em outras redes sociais, parece que a blogosfera é o único lugar em que eu me encaixo, mas faço de tudo para evitar que as pessoas da ~vida real~ me encontrem por aqui. Não quero que elas tirem a minha liberdade de ser boba XD

    ResponderExcluir
  8. Oi Tati <3
    Eu não sei se te acho boba, porque sou uma pessoa que faz questão de esconder seus rastros pela internet. Eu não quero que as pessoas acessem informações minhas que eu não dei permissão pra acessar, sabe? Não quero que usem minha honestidade e descontração contra mim - e parece persecutório, mas na verdade isso já rolou e eu decidi que todo cuidado era pouco.
    Acho que mais do que problematizar, você pode sempre fazer o que te faz bem. Se é blogar do jeito "de sempre" (embora não sejamos as mesmas "de sempre"), que assim seja, mas se for blogar na discrição oi mão blogar at all, que seja também. Desde que seja algo que te traga conforto, diversão, descontração, acho que qualquer decisão que você tome é sempre a melhor pra você naquele momento. ;)

    Perdoe a filosofada selvagem, e espero que fique bem com o que quer que role por aí! :)

    ResponderExcluir
  9. ai mulher, eu super te entendo. quando eu era criança e os blogs estavam super em alta, eu não tinha nenhum medo ou vergonha de falar pras pessoas dele e divulgar. hoje, com meus quase 28 anos, meu blog é quase como um diário secreto que ninguém dos meus amigos "físicos" sabe que existe.

    não acho que isso seja bobo, talvez só uma faceta nossa que não queremos que todos conheçam ou tenham acesso. poderia filosofar sobre, mas minha sessão de terapia é só na quinta que vem rysos.

    o importante é continuar blogando se isso te faz bem. a mim, faz. eu sumo, mas sempre acabo voltando, porque acho ótimo ter um lugar pra "conversar", nem que seja sozinha.

    um beijo,
    gabi ramalho ♥

    ResponderExcluir
  10. Eu também me pego me achando boba tendo um blog hoje em dia. Acho que é porque começamos quando bem novinhas e associamos o blog com adolescência, o que costuma ser bem bobo. hahahaa Mas olha, tu não tá sozinha. Sejamos todas bobas, porque é muito bom voltar a ter esse espaço de troca, né? Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Roubo da sua permissão e faço dela minha também, por favor.
    Temos a mesma idade e mesma descendência (Rory e Paris), além desse questionamento incessante sobre ser ou não ser quem fomos (e se ainda somos), tudo bem querer continuar com algo tão intrínseco de nós e até... infantil? Infantil não, primordial. Esse impulso de escrever e colocar para fora o que não nos cabe mais. Tamo junto. Todas nós.

    Com amor, Beca; ♡
    Café de Beira de Estrada

    ResponderExcluir
  12. Boa noite Tati. Tudo bem?

    Ptz, eu entendo 100% seu sentimento. Fiquei com meu blog parado por um ano pois descobri o instagram. Esse ano resolvi voltar e tenho o mesmo sentimento que o seu, de expor meus pensamentos e ser julgada por outras pessoas.

    Sempre vejo no instagram várias pessoas sendo criticadas por suas opiniões políticas, religiosas, sobre relacionamentos, visão da vida e tantas coisas, é f*da.

    Eu decidi escrever só coisas genéricas esse ano no blog. Coisas que eu estava assistindo, jogando, tags, algumas músicas e um tiquinho de coisas mais pessoais. Ontem mesmo resolvi fazer um post mais pessoal e ainda sim tô aqui pensando se não deveria apagar. Te entendo total.

    Mas fica, estamos todas juntas aqui. Esse é um "só acontece comigo" que acontece com várias pessoas aqui, principalmente quem já bloga há muitos anos.

    Super beijo e bom restinho de semana.

    ResponderExcluir

-Spam não são publicados.
-Costumo responder todos os comentários no blog de quem os faz, se você estiver em anônimo, volte ao post em que comentou que responderei no mesmo.
-Obrigada por visitar <3